Carnaval da Bahia, o mundo se une aqui.

Sou mais a Bahia, Governo da Bahia.

A pipoca de Alok por @ItBoy_

 

Primeiro eu preciso confessar que não sou muito fã de música eletrônica, mas eu ontem eu vivenciei uma experiência que não será esquecida jamais. A pipoca do Alok foi de arrepiar. Não tinha fim, ia aumentando cada vez mais durante o circuito. Fiquei arrepiado em diversos momentos. Por onde Alok passava, os foliões vibravam, pulavam, cantava todas as músicas. Uma das cenas mais marcantes foi de uma senhora que deveria ter uns 70 anos, estava em um dos prédios do circuito Barra/Ondina, com as mãos levantas para o céu, pulando e vibrando ao som de Alok. Carnaval é isso né… é do povo e para o povo. Não importante a idade, o gênero, a raça, é uma festa para todos. Foi uma pipoca de paz, desde a saída no farol até a chegada da ondina. Salvador virou literalmente uma rave, foi lindo! Alok estava muito seguro de si e agradecia a todo momento os foliões pela companhia e vibração.

 

Postado por Carnaval Bahia

Carnaval 2019

A pipoca da banda ÀTTØØXXÁ por @bahiameuamor.oficial

Fotos: Rafael Vilela / @bahiameuamor.oficial

A última noite de folia no Circuito Batatinha

Foram cinco dias de programação, com mais de 80 atrações de diferentes estilos. Música afro, reggae, arrocha, axé, antigos carnavais, samba, hip-hop, guitarra baiana, além

Muzenza no Campo Grande – Terça

  Foto: Alberto Coutinho/GOVBA

A marcante apresentação da Aya Bass no Pelô

A representatividade da apresentação da banda Aya Bass, emocionou quem teve a honra de estar presente no Circuito Batatinha nesse último dia de carnaval. Fotos: Paula