São João da Bahia 2019.

Sou mais a Bahia, Governo da Bahia.

Observatório de Economia Criativa apresenta primeiros resultados de estudo sobre os impactos financeiros da Covid-19 sobre os Festejos Juninos na Bahia

 

O Observatório da Economia Criativa da Bahia divulga, nesta sexta-feira (18), durante entrevista coletiva online, os primeiros resultados do estudo realizado sobre os sobre os Impactos da Covid-19 nos Festejos Juninos do Estado. A transmissão será feita, a partir das 10h, pelo Facebook do São João na Bahia e os jornalistas interessados podem participar da apresentação pelo aplicativo Zoom.

Na oportunidade, serão mostrados os primeiros resultados dos efeitos da atual crise de saúde pública na economia dos municípios e nas finanças de profissionais e promotores de eventos juninos. O estudo ouviu cerca de 190 pessoas diretamente envolvidas com a organização das festas juninas públicas e privadas em todo o Estado.

Desenvolvida pelo Observatório de Economia Criativa da Bahia (OBEC-BA), em parceria com a União dos Municípios da Bahia (UPB) e o portal “São João na Bahia”, a pesquisa vem sendo realizada por meio de entrevistas a gestores e funcionários públicos; profissionais e organizações artísticas, culturais e criativas, com ou sem fins lucrativos; além de entidades de representação do comércio e serviços, e barraqueiros locais.

A iniciativa faz parte de um projeto mais amplo do OBEC-BA sobre os impactos da COVID-19 no setor cultural e criativo, que vem sendo realizado desde março deste ano, e tem abrangência nacional. Dentre os temas pesquisados estão a identificação do perfil dos impactados, atividades afetadas, a escala de grandeza das perdas financeiras, implicações no mercado de trabalho da economia criativa durante os festejos juninos e as estratégias que estão sendo acionadas para enfrentar a situação.

A apresentação dos resultados será feita pelas coordenadoras da pesquisa Carmen Lima (UNEB) e Lúcia Aquino (UFRB). Já a mediação na divulgação dos dados será feita pelo jornalista Gabriel Carvalho (site São João da Bahia) com participação de: Alessandra Gramacho, coordenadora do Fórum Forró de Raiz da Bahia e de André Reis, diretor-geral do Centro Cultural de Culturas Populares e Identitárias – CCPI, da Secretaria da Cultura do Estado.

Os resultados da pesquisa poderão contribuir para a tomada de decisão de entes públicos e privados em relação às estratégias futuras, como ressalta uma das coordenadoras da pesquisa, Lúcia Aquino. “É importante destacar que os festejos juninos representam a primeira ocorrência de cancelamento no calendário de festas populares de grande porte do país, após medidas de isolamento. Esperamos que a pesquisa possa gerar subsídios para as medidas que deverão ser executadas nos próximos meses, tendo em vista a possibilidade de cancelamentos no calendário festivo do verão da Bahia”.

O OBEC:

O Observatório da Economia Criativa da Bahia (OBEC-BA) é um grupo de pesquisa interinstitucional que reúne docentes e discentes da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), da Universidade Federal da Bahia (UFBA), da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), além de pesquisadores independentes e de outras instituições, públicas e privadas, para a promoção de atividades de ensino, pesquisa e extensão no campo da economia criativa. Os membros atuam em diversas áreas de conhecimento: artes, comunicação, economia, administração, estatística, gestão e produção cultural, entre outras.

Sediado no Instituto de Humanidades, Artes e Ciências da Universidade Federal da Bahia (IHAC/UFBA), o OBEC-BA foi criado em 2014, através de um edital da Secretaria de Economia Criativa, do antigo Ministério da Cultura, como parte de uma rede de núcleos vinculados às universidades federais do Brasil que tinham o objetivo de produzir informações e conhecimento, gerar experiências e experimentações sobre a economia criativa local e estadual.

SERVIÇO:

*O quê:* Lançamento do Boletim Preliminar da Pesquisa Impactos “Impactos da Covid-19 nos Festejos Juninos da Bahia”

*Quando:* 18 de setembro de 2020 às 10h

*Onde:* Facebook do Site São da Bahia

_https://www.facebook.com/saojoaonabahia_

Público: Representantes das municipalidades, cantores e bandas de forró, outros profissionais do setor criativos que atuam diretamente nos festejos (instrumentistas, técnicos, produtores, dentre outros, promotores de festas privadas nos municípios, Associações de Comércio e Serviços das cidades que realizam festejos, Associações ou representantes de barraqueiros que trabalham na área das festas.

Contatos:

Acesso para responder à pesquisa: http://www.obec.ufba.br/covid-festejosjuninos/

Mais informações: obecba@gmail.com

Coordenadoras da Pesquisa:
Profª Carmen Lima: 71 99962-4374
Profª Lúcia Aquino: 71 99965-5621

Fonte: www.saojoaodabahia.com.br

Postado por

Mais Notícias do São João 2019

Adelmario Coelho homenageia vaqueiros em live com repertório inédito

  O forrozeiro Adelmario Coelho vai homenagear os vaqueiros em sua próxima live, marcada para o dia 28, às 18h. A transmissão, que ocorrerá direto

Jeanne Lima e Michelle Menezes se unem para falar do machismo na carreira artística

Amanhã, dia 5, a partir das 20 horas, artistas se unem para bater papo sobre o tema e soluções para o dia a dia O Bora

Targino Gondim concorre a Grammy Latino

Cantor e Sanfoneiro disputa categoria Melhor Álbum de Música de Raízes com Targino sem Limites Mais uma vez Targino Gondim figura entre os concorrentes do

Observatório de Economia Criativa apresenta primeiros resultados de estudo sobre os impactos financeiros da Covid-19 sobre os Festejos Juninos na Bahia

  O Observatório da Economia Criativa da Bahia divulga, nesta sexta-feira (18), durante entrevista coletiva online, os primeiros resultados do estudo realizado sobre os sobre